p11

A Última Ceia

Poucas imagens vencem o tempo e se eternizam como símbolos. Uma delas é a representação da Última Ceia de Leonardo Da Vinci. Mais do que uma pintura, esta obra é um tratado sobre a natureza humana, pois consegue num único ato representar a pureza do uno e a impermanência do manifestado. A perfeita simetria de sua composição, distribui os 12 apóstolos em quatro grupos de tríades e Cristo como o elemento central. Se traçarmos duas diagonais, teremos como ponto de intersecção a fronte de Cristo, centro e ponto de fuga da composição, para onde todo o movimento converge.

Alguns estudiosos da área de astrologia remontam a obra, interpretando-a como o zodíaco, onde cada discípulo representaria um signo e Jesus o grande sol central. A transcendência da face de Cristo estabelece equilíbrio e centro a obra, enquanto os rostos e gestos dos discípulos parecem expressar, de forma condensada, todos os temperamentos humanos. É como se a obra fosse um código genético, da mesma natureza do símbolo, que ao ser desvelado nos revela a fonte de sua inspiração.

O ato ocorre no momento em que Jesus Cristo pronuncia “Um de vocês irá me trair“. Leonardo através de um minucioso estudo de anatomia e proporção, registra a expressão de cada discípulo frente a esta pergunta. Os gestos dos apóstolos parecem se complementar simetricamente, se analisarmos a intenção velada por suas expressões. A harmonia conjuga todos elementos, prendendo-os em uma única trama, onde cada elemento prefigura o todo, como se fosse um único ser.

A obra¹ é considerada hoje como uma das mais importantes representações artísticas, e é oficialmente utilizada pela igreja católica como referência a este sagrado ritual, que nos une espiritualmente a nosso princípio divino.

Este vídeo da Khan Academy analisa a composição da obra e como Da Vinci conseguiu representar com técnica, beleza e graciosidade este importante momento de nossa história:

“Um bom pintor deve saber representar duas coisas, o personagem e a intenção de sua alma.”

Leonardo Da Vinci
Anotações de manuscritos -

1 A Última Ceia
Técnica mista, 460 x 880 cm
Refeitório de Santa Maria delle Grazie – Milão
Leonardo Da Vinci

Share this:

Discípulo da experiência, pesquisador de diversas ciências e religiões, e grande admirador de Leonardo Da Vinci.

Leave a comment