p12

Anunciação

Nesta obra que foi um dos primeiros trabalhos de Da Vinci, podemos ver a influência de seu mestre Verrochio na qualidade escultural das figuras assim como no comportamento dos personagens. É quando o discípulo se emancipa do seu mestre e parte a semear novas sementes, ainda mais férteis nos corações de seus aprendizes. O estudo desta pintura é dedicado a mais um tema cristão, popular no período do Renascimento. A “Anunciação”, sugere o momento em que a Virgem Maria recebe a mensagem do Arcanjo Miguel, sobre a sua concepção do menino Jesus.

A pintura¹ é adornada com muitos elementos naturais minuciosamente desenhados, como as flores, símbolo da pureza da virgem e a paisagem, que parece se estender ao infinito, graças ao efeitos atmosféricos trabalhados através da luz. Ambos estudos são provenientes dos tratados de botânica e pintura, onde o mestre renascentista desconstrói cada elemento até percebê-los em tal profundidade que sua representação nos parece ir além da pintura.

Uma primeira análise da obra pode concluir que alguns elementos estão representados de forma desproporcional do ponto de vista da perspectiva, mas um estudo aprofundado de especialistas descobriu que a perspectiva é corrigida ao observar a pintura de um determinado ângulo à direita, ou seja, Da Vinci o fez de forma premeditada considerando o local de apreciação da obra. Esta análise é apresentada de forma detalhada no vídeo a seguir:

Para Leonardo Da Vinci, além de ser necessário conhecer profundamente o objeto de estudo, era fundamental ter a imaginação como canal de inspiração e aproximação da realidade representada. Um velho jargão diz que a partir do momento que “temos” uma ideia, ela não pertence mais a nós. Já dizia Platão em sua teoria da ideia, todas as ideias provém do plano arquetípico, que é atemporal. Se considerarmos que tudo aquilo que é atemporal é permanente, e que as ideias estão para serem manifestadas, quem sabe não consigamos, ao contemplar a obra de Da Vinci nos transportamos até o momento do ato? Como dizia o mestre, aquilo que ele representava era apenas um esboço do que conseguia perceber no plano das ideias…

“O olho é a janela do corpo humano através da qual ele sente seu caminho e desfruta da beleza do mundo.”

Leonardo Da Vinci
Anotações de manuscritos -

1 Anunciação
Pintura a óleo, 98,4 × 217cm, 1472-75
Galleria degli Uffizi, Florença, Itália
Leonardo Da Vinci

Share this:

Discípulo da experiência, pesquisador de diversas ciências e religiões, e grande admirador de Leonardo Da Vinci.

Leave a comment