03

Curiosità: Instigue sua curiosidade

Todo ser humano é curioso, quer dizer, filósofo por natureza. Quando nos perguntamos sobre algo, já estamos praticando filosofia. Já dizia Roger Bacon, filósofo inglês que dava ênfase ao empirismo, “Quando a curiosidade se satisfaz, o conhecimento deixa de evoluir“. A curiosidade é o motor do saber humano, e para Leonardo Da Vinci, cada situação na vida era uma nova oportunidade de aprendizado.

Segundo Michael Gelb, Da Vinci preservava o espírito infantil que levava a criança a questionar sobre tudo e perceber cada movimento como um novo fenômeno da natureza. Para o mestre, cada situação precisava ser vista de pelo menos três pontos de vista diferentes até se chegar a uma conclusão.

Essa é uma das principais virtudes do filósofo, a investigação, e esse mesmo espírito que levava Sócrates em seu tempo a ter um conhecimento ilimitado das coisas. Para ele, nada possuía um conceito absoluto, e todas as coisas eram mistérios permanentes da natureza, a ponto de sempre podermos aprender um pouco mais sobre tudo.

Na imagem deste post¹ está o estudo para o vôo dos pássaros, atualmente na Biblioteca Real, em Madri. Neste esboço, Da Vinci explora, através de sua insaciável curiosidade, o movimento dos pássaros em relação ao vento, analisando questões de aerodinâmica e física. Algumas anotações de seu diário levam a tão minuncioso estudo, que somente há alguns anos atrás conseguiu se chegar à mesma observação, através da amostragens de máquinas fotográficas de altíssima velocidade. Esta análise deu princípio ao estudo da asa mecânica, onde ele procura reproduzir o mecanismo das asas dos pássaros.

Confira a seguir um vídeo produzido pela RAI (Radio Televisione Italiana) sobre o códex Voo dos Pássaros:

O olho, que é chamado a janela da alma, é o principal meio pelo qual a compreensão pode mais plena e abundantemente apreciar as infinitas obras da natureza.

Leonardo Da Vinci
Anotações de manuscritos -

1 Estudo sobre o voo dos pássaros
Facsimile (Giunti, Florence 1976); ca. 1505; 21×15 cm
Leonardo Da Vinci
Biblioteca Reale, Turin

Share this:

Discípulo da experiência, pesquisador de diversas ciências e religiões, e grande admirador de Leonardo Da Vinci.

Leave a comment